Notícias

07/06/2021 14:57

Sintep-MT cita falta de estratégia nos investimentos feitos na Educação durante a pandemia

Sintep-MT cita falta de estratégia nos investimentos feitos na Educação durante a pandemia

 

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), Valdeir Pereira, concedeu entrevista nesta segunda-feira (07/06), ao jornalista Vanderlei Munhoz, da Rádio Metrópole FM (105.9). Ele falou sobre os desafios da Educação em tempos de pandemia.

O presidente do Sintep-MT destacou a falta de estratégia do governo do estado nos investimentos em Educação. “Primeiro houve uma demora inexplicável em fornecer internet e equipamentos para que os professores conseguissem ministrar suas aulas. Mais de um ano, praticamente, os educadores tiveram que improvisar, usar seus próprios computadores, aprenderem a utilizar ferramentas e plataformas online sem nenhum treinamento eficiente. Infelizmente, mesmo com a compra dos notebooks pelo estado, ainda temos a outra ponta para ser atendida, que são os estudantes”, disse.

Durante a entrevista, o sindicalista relatou o drama de diversas famílias cujos filhos estão matriculados em escolas públicas. “Tem mães que só tem um aparelho celular com acesso à internet em casa. Em contrapartida, têm dois, três filhos que estão em idade escolar. Como escolher quem vai assistir a aula online e quem vai deixar de receber o ensino? Então, o governo tem que repensar essa logística, investir com estratégia e atender também aos estudantes”, destacou Valdeir.

O educador ainda explicou que existe um outro agravante quanto à questão do ensino remoto. “Temos uma cobertura com sinal de internet muito deficitária em nosso estado. Não se trata só das áreas rurais. Na capital mesmo, em alguns bairros, a internet já é muito lenta e fica impossível de acompanhar uma aula online com qualidade. Talvez fosse o caso de, a Seduc estudar alternativas de fornecer esse ensino utilizando o rádio como veículo de comunicação, uma vez que o sinal tem um alcance muito superior ao da internet por aqui”, ponderou.

Durante a entrevista, Valdeir também abordou o tema vacina para profissionais da educação. “Finalmente chegou a fase 7 do Plano Nacional de Imunização e nele, estão incluídos os profissionais da Educação. Aqui no estado temos municípios com situações bem diferentes entre si. Naqueles em que 100% dos trabalhadores da educação estiverem vacinados, tendo recebido as duas doses, com certeza as aulas irão retornar. Não tem ninguém que queira mais voltar para dentro das escolas do que nós educadores, porém, isso precisa ser feito com o máximo de segurança possível para que venhamos evitar mais mortes”, destacou.

O sindicalista ainda não descartou o estado de greve. “Nós somos o maior sindicato do estado e decidimos tudo coletivamente. Após o governo ter determinado o retorno presencial para junho, recuou e agora sinaliza um retorno presencial para agosto. Nós estamos atentos e seguimos fazendo a defesa de que essa volta para dentro das escolas se dê só com a vacina. Já temos os profissionais do apoio e técnicos que continuam se arriscando dentro das unidades, por isso, não podemos deixar que eles sejam ainda mais expostos, ampliando a circulação de pessoas nas unidades de ensino, sem que esses trabalhadores estejam devidamente imunizados. Então, não colocamos data para esse retorno, porque primeiro, temos que avaliar como vai seguir essa cobertura de vacinação para os profissionais da educação”, finalizou.

Fonte: Assessoria/Sintep-MT.

 




Nossa Sede

Nossa sede

SINTEP

SINTEP - Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público - Subsede de Cuiabá - R. Mestre João Monge Guimarães, nº 102. 1º Andar. Bairro Bandeirantes - Cuiabá - MT.
Fone: (65) 3624-9199 / 3624-1272.
E-mail: 
sintepcba@sintepcba.org.br

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo