Notícias

13/05/2021 13:52

Sintep/MT reafirma em reunião com MPE-MT que aulas presenciais, apenas com vacina

 

Sintep/MT reafirma em reunião com MPE-MT que aulas presenciais, apenas com vacina

O debate tratou de tópicos já trabalhados por representantes de instituições estaduais e segmentos sociais, em 2020, e não executados ainda.

O Sindicato Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) participou ontem, terça-feira (11/05), de reunião para tratar sobre a volta às aulas presenciais na pandemia. Desta vez a convocação foi do Ministério Público Estadual de Mato Grosso (MPE-MT) e ocorreu por videoconferência, 

Para o debate, o MPE apresentou os números compilados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), que registraram a incidência de casos nas últimas semanas e apontaram redução da taxa de risco da Covid-19 na maior parte do estado. O documento registrava 10 municípios avaliados com risco muito alto de contágio da doença, contra 131, com risco alto.  

Cenário

Apesar do cenário, o município de Sinop (505 km ao norte da Capital) foi surpreendido, um dia antes, segunda-feira (10/05), com a morte de um estudante de 11 anos, vítima da Covid-19. O garoto estava matriculado no 5º ano escolar, da rede municipal. Com esse registro sobe para 40 óbitos de crianças, adolescentes e jovens (0 a 20 anos), vítimas da Covid-19, no estado, conforme dados planilhados pela SES-MT, em 11 de maio. No geral, Mato Grosso soma mais de 10 mil vítimas fatais da Covid-19, em todas as faixas etárias. 

Para o Sintep/MT é importante ressaltar as questões peculiares da doença, como as configurações trazidas pelas novas variantes, que hoje se revelam mais letais entre as faixas mais jovens, entre 40 e 50 anos. A relevância é importante para avaliar o risco que a pandemia apresenta para a comunidade escolar, em especial os educadores, caso voltem todos a atividade presencial, sem imunização. Outro destaque é que os dados de contaminação entre pessoas com mais de 80 anos (alvo de grande letalidade) são os mesmos das crianças de até 10 anos, no estado.

 “A noção de preservação de vidas que defendemos é a mesma que o MPE está executando com os servidores do órgão, que estão em atividades virtuais. Volta às aulas no estado representa mais de 80 mil trabalhadores da Educação Básica, nas redes estadual e municipais, circulando”, destacou o presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira.

Recorrente

O debate apresentado pelo MPE-MT trouxe na pauta pontos exaustivamente tratados pelo coletivo de segmentos sociais, representados por diferentes instituições e órgãos estaduais, entre eles o próprio MPE-MT, durante quatro meses de 2020, na Comissão de Avaliação de Retorno às Aulas, organizado pela Assembleia Legislativa. 

 O documento construído pelo coletivo de entidades acabou engavetado por negligência do governo estadual, que ignorou a execução das medidas apresentadas.  O objetivo era o de assegurar aos estudantes e profissionais condições básicas para a continuidade das aulas remotas, e organizar a estrutura necessária para a retomada das atividades presenciais. A tentativa de volta às aulas presenciais, em 2021, resultou no aumento no número de contágios dentro das escolas, entre os educadores.   

Na reunião com o MPE -MT foi solicitado que a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc/MT) explique o grande número de matrículas não efetivadas nos anos letivos de 2020 e 2021.  Além de apresentação da proposta intervenção pedagógica, que contemple a diversidade dos níveis de aprendizagem que resultam do período de pandemia. “E que isso não implique na extensão de jornada dos profissionais da Educação. Mas, que ocorra investimento necessário para garantir o direito constitucional dos nossos estudantes, ressaltou o presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira. 

Imunização

“A vacina é uma promessa aguardada com expectativa também pelos profissionais da educação, porém, sem perspectiva. Assim como as intervenções necessárias nas escolas, para assegurar infraestrutura para receber os estudantes,” destacou Valdeir Pereira.

Diante disso a defesa do Sintep/MT permanece com a vacina para todos inclusos no programa nacional de vacinação. Assim como, para que ocorra qualquer retorno às atividades presenciais deva ter testagem nos trabalhadores, comitês locais para tomadas de decisão em qualquer caso de Covid-19. “Nosso foco é preservar a vida das pessoas”, conclui.

Fonte: Assessoria/Sintep-MT

Cuiabá, MT - 12/05/2021 16:19:59

 


Nossa Sede

Nossa sede

SINTEP

SINTEP - Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público - Subsede de Cuiabá - R. Mestre João Monge Guimarães, nº 102. 1º Andar. Bairro Bandeirantes - Cuiabá - MT.
Fone: (65) 3624-9199 / 3624-1272.
E-mail: 
sintepcba@sintepcba.org.br

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo